Temporada 2019
junho
s t q q s s d
<junho>
segterquaquisexsábdom
2728293031 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 1112 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
1234567
jan fev mar abr
mai jun jul ago
set out nov dez
PRÓXIMOS CONCERTOS
Mikhail GLINKA
Ruslan e Ludmila: Abertura
Pyotr Il'yich TCHAIKOVSKY
Eugene Onegin: Vi mnye pisali - Kogda bi zhizn
Pique Dame: Ya vas lyublyu
Alexander BORODIN
Nas Estepes da Ásia Central
Pyotr Il'yich TCHAIKOVSKY
Iolanta: Kto mozhet sravnit'sja s Matil'doj moej
Alexander BORODIN
Príncipe Igor: Ária
Pyotr Il'yich TCHAIKOVSKY
Sinfonia nº 4 em Fá Menor, Op.36
Gustav MAHLER
Sinfonia nº 8 em Mi bemol maior - Sinfonia dos Mil
Cláudio SANTORO
Impressões de uma Usina de Aço
Johannes BRAHMS
Sinfonia nº 1 em Dó Menor, Op.68
Robert SCHUMANN
Arabesque em Dó Maior, Op. 18
Fantasia em Dó Maior, Op.17
Frédéric CHOPIN
Improviso nº 2 em Fá sustenido maior, Op.36
Mazurka em Lá Menor, Op.17 nº 4
Mazurka nº 25 em si menor, Op.33 nº 4
Noturno nº 18 em Mi maior, Op.62 nº 2
Polonaise em Dó Sustenido Menor, Op.26 nº 1
Barcarola em Fá sustenido maior, Op.60
Ludwig van BEETHOVEN
Sinfonia n° 5 em Dó Menor, Op.67
A Sala São Paulo

O imponente edifício da Estrada de Ferro Sorocabana abriga hoje a Sala São Paulo, sede da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e uma das mais importantes casas de concertos e eventos do País.

Projetado por Christiano Stockler das Neves em 1925 ―período em que a cidade, estimulada pelo café e pela ferrovia, crescia em ritmo acelerado― o prédio, marcado pela sobriedade dos ornamentos e detalhes do estilo Luís XVI, seria concluído somente em 1938, quando a urbanização de São Paulo já se caracterizava pela presença de automóveis, minimizando a utilização de bondes e trens.

As principais áreas do edifício já vinham sendo locadas para a realização de festas e eventos institucionais quando, em 1997, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo assume seu controle para transformá-lo no Complexo Cultural Júlio Prestes.
Situada no centro da Cidade, vizinha da Pinacoteca do Estado e do Museu de Arte Sacra, a Sala São Paulo fez realizar o potencial de revitalização da região.

Tombada como patrimônio histórico pelo Condephaat, a Sala São Paulo foi inaugurada em 9 de julho 1999 com a apresentação da sinfonia A Ressurreição, de Gustav Mahler, pela Osesp, para ser mantida como importante marco de nossa cidade.

 

Certificados e Documentos Legais

 

por Tuca Vieira
ZOOM + Sala de Concertos
(por João Musa)


por Tuca Vieira
ZOOM + Fachada da Sala São Paulo
(por Tuca Vieira)


por Tuca Vieira
ZOOM + Fachada da Sala São Paulo
(por Tuca Vieira)


por Tuca Vieira
ZOOM + Fachada da Sala São Paulo
(por Tuca Vieira)


por Tuca Vieira
ZOOM + Fachada da Sala São Paulo
(por Tuca Vieira)